terça-feira, 30 de junho de 2009

ASSIM SOU EU...

Assim sou eu:
Livre, sem julgamento
Sem amarras e descalça
Olhar sem medo de menina
Seguindo em frente, determinada
.
Levo comigo:
A alma branca de algodão
Tremulando ao vento de verão
Que me leva para sempre nessa estrada
Mil sonhos e sentimento, cheia de coragem
E desarmada
No rosto o sorriso, nas mãos um chapéu
No coração o amor
E mais nada
.
Acredito que:
Nem mesmo a vida, nem altas cercas
Vão me impedir de ver as flores
Tocar no céu e ser feliz,
girar no sol em carrossel
Sentir todas suas pétalas em minhas mãos
E em meu nariz os seus odores
.
Meu convite:
Segura forte a minha mão
e vem comigo nesse andar
Inda que não cheguemos nas estrelas
Não deixaremos nunca de sonhar
.
[[J’amour]]
Dedicado a amiga querida Betinha


domingo, 28 de junho de 2009

PARA GUARDAR A INFÂNCIA

Atenção: Compro gavetas,
armários, cômodas e baús.

Preciso guardar minha infância:
os jogos da amarelinha,os segredos
que me contaram lá no fundo do quintal.
.
Preciso guardar minhas lembranças:
as viagens que não fiz,
ciranda, cirandinha
e o gosto de aventura
que havia nas manhãs.
.
Preciso guardar meus talismãs:
o anel que tu me deste,
o amor que tu me tinhas
e as histórias que eu vivi...
.
Roseana Murray

sexta-feira, 26 de junho de 2009

ALGODÃO DOCE

Algodão Doce
Vou levitar no teu olhar
Me perder na tua boca
Teu amor me é tão calmo
Tão gostoso...Algodão doce!
Faz ciranda em minha vida
Brincadeira de criança
Teu amor é melodia
Livre e leve
Algodão doce!
.
É alegre e desprendido
Aquarela de mil cores
Me deixa como menina
Teu amor...Algodão doce!
Bagunçou meu coração
Quero mais, não faço pose
Despertou minha alegria
Tudo é festa...Algodão doce!
.
Teresa

quarta-feira, 24 de junho de 2009

MENINA POETISA


Onde mora o sentimento
A emoção de ser você?
Logo ali na esquina, na casa da colina
Numa saleta azul
.
Estoque de ilusões, experiências, visões
Compõem minha fome, minha sede sem limitações.
.
.Através da porta aberta, basta curvar-se um pouco
E você fica rouco diante das descobertas
.
Vocábulos, letras soltas, sílabas
Retratos semi acabados de vidas
Por ali transitam
Feito pétalas coloridas
.
E neste cantinho repleto de carinho
Permaneço por momentos. Floresço
Transformo-me em menina poetisa
.
Imagino o céu, o mar, o mel
O coração ferido e choro comigo
Pinto faces adormecidas
E paisagens esquecidas
.
Uma mão estendida brinca, me alisa
Esqueço tudo
Lápis e papel na mão, rabisco e
fabrico meu mundo .
.
Iveti Spercote

domingo, 21 de junho de 2009

SOU APENAS UMA MENINA

Sou apenas uma menina...
que brinca de ser mulher...
mas dentro de mim...
sou ainda pequenina...
.
Tenho mil sonhos...
mil conquistas...que não sei se
conseguirei um dia realizar...
porque sou cheia de insegurança..
dúvidas...medos.
.
Sou apenas uma menina...
brincando de ser poetisa...
escritora...que em coisas belas
se inspira para brincar de fazer versos...
Mas quase sempre me disperso...
muito discretamente...
às vezes os perco,
ou os deixo adormecidos
dentro de mim...
Noutras tantas
os deixo bem dispersos.
.
Arneyde T. Marcheschi

MENINA PEQUENINA

Esta menina tão pequenina
quer ser bailarina.
Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.
Não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá.
Não conhece nem lá nem si
mas fecha os olhos e sorri.
Roda, roda, roda, com os
bracinhos no ar e não fica
tonta nem sai do lugar.
Põe no cabelo uma estrela
e um véu e diz que caiu do céu.
Esta menina tão pequenina
quer ser bailarina.
Mas depois esquece todas
as danças e também quer dormir,
como todas as outras crianças.
.
Mariana

INOCÊNCIA

Menina inocente
de terno olhar
Nada é. Nada sabe
Vê o mundo de um jeito mágico
Contos de fadas
Fantasias de cores multicores
.
Abra os olhos menina meiga!
Veja!
Há melodias que não rimam
Dias nublados
Abra os olhos doce menina!
É a vida!
.
E, após ver tudo com clareza e sobriedade
Não permita que a criança se vá
Nem deixe que a esperança adormeça.
.
Arnalda Rabelo

sábado, 20 de junho de 2009

SONHO DE MENINA

Viajo como uma menina
sempre a sonhar
nas asas do vento,
numa única rota...Você.
.
Fantasio e sonho no ar...
Tento tocar as estrelas,
quero lá em cima ficar,
Brilhar.
.
Com meus sapatinhos de cristal
Dançar num salão
azul da cor do céu...
Nos teus braços bailar...
Girar...Girar.
.
Com uma varinha de condão
ficar neste mundo todo
colorido onde as estrelas
tem o brilho teu...
E a fantasia a doce
ternura do seu AMOR de menino.
.
BEBE

sexta-feira, 19 de junho de 2009

A MENINA VIVE...

A menina que aos poucos foi
trocando a boneca por maquiagem.
Trocando seu mundo de sonhos pelo da realidade.
Hoje sua vida segue em frente...
O passado não importa.
Ela vive o presente!
A garotinha que cansou de acreditar
que contos de fadas começam
com "era uma vez" e terminam
com "um final feliz"...
Sou muito mais que essas letras,
frases e fotos que falam sobre mim...
Sou as minhas atitudes,os meus sentimentos,
as minhas idéias...
O que realmente faz valer a pena estar vivo,
não há filmadora ou máquina fotográfica que registre...
Surpresas,gargalhadas, lágrimas,
enfim,o que eu sinto,quem eu sou,
você só vai perceber quando olhar nos meus olhos,
ou melhor,além deles...
Posso até ser pequena pra quem vê...
Mas gigante pra quem ama!
.
Ismália

VIDA DE CIRCO

Dentro desse meu picadeiro coração
eu ando sobre o arame,
apanhando estrelas,
malabares de emoções baratas,
nessa mágica arte de viver.
Sou sonho de um palhaço...
Sonho o amor.
Minha liberdade,
consiste em ser o que sou.
.
André Ruiz

quinta-feira, 18 de junho de 2009

SUA ETERNA COLOMBINA

Vejo meu reflexo colorido em teus olhos
Sinto na tua mão o pulsar das tuas veias
E teu amor se reflete nos cristais de sal
Dessa lágrima quente e solitária que desliza
E que agora borra minha face ao dizer-te
Que TE AMO minha vida, e sim, sou TUA
Ah, meu eterno Pierrot...Sou a tua triste Colombina
Sou tua poesia, sou amor e louca fantasia
Doce viola gemendo em suas mãos
Sou mulher, sou sonho, sou MENINA
Sou desejo, alma nua, beijo ardente e coração
E você o meu artista, que em noites de lua
Dedilha meu corpo buscando notas
Doce melodia, da mais linda canção.
.
J'Amour

terça-feira, 16 de junho de 2009

RAMALHETE DE AMOR

No jardim de frente do meu passado
Colhi mudas de esperança...
Tudo é como antes
dias de muito sol e calor.
Assumi a posição de jardineiro
colhi sempre vivas...Hortências e rosas
pra que tu renasças assim em mim
todo dia sempre em flor...
Um ramalhete de amor
.
André Ruiz

ENCANTO

Tão doce o carinho, tão leve
O sentimento que flui de tua alma
Teus olhos me fitam e dizem o que calas.
Tão terna a tua mão
Que retem as minhas
Há cuidado, há amor.
E a canção que escolheste
Fala de todas as flores
Porém a rosa que me ofertaste
E meus cabelos enfeitaste
Me encantou...
Me fiz estrela matutina
No momento em que me abraçaste
Me chamando de menina ...
.
Iveti Specorte

segunda-feira, 15 de junho de 2009

FANTASIA DE CRIANÇA

Brinca com a sombra
Fantasia que é a lua
Iluminando a noite escura
Brinca dançando
Fantasiada de bailarina
.
A vida é doce música
Que envolve minha menina
Sorri!
Encanta!
Em doces passos vai ao céu
Imagina que é boneca
E na casinha se esconde
como que em véu
.
Em fantasia de criança
Todo o mundo é esperança.
Tudo transforma ao seu redor
O nosso lar vira amor
Perfumado feito flor
Brinquedos e imaginação
A menina traz na sua mão.
A alegria então é linda criança viva
Aqui em meu coração
.
Paula Belmino

MENINA FRÁGIL

Menina frágil
Nem sempre...finge

Pureza nos sentimentos
Da menina sufocada
Por anseios e devaneios
Tão longínquos
Adormecidos
Esquecidos...

Agora atiçados
Pelo desejo despertado
Por um simples olhar frio

Enlouquecida, enfurecida
descobre a ansiedade
Que estava encolhida
Na sua alma virgem
De emoções perturbadoras

Com seus olhos
Cor de amêndoas doces
seduz e hipnotiza

E faz qualquer um tentar descobrir
O que aquele olhar indecifrável
Quase esfíngico clama e,
involuntariamente
absorvidos por aquela falsa calmaria
surta a todos que a segue

Seu olhar sempre ta apontado
rumo as estrelas
Ousada se perde...Como o meteorito
Que acabou de cruzar o céu...
.
(Ro Primo)

CAI DO CÉU

Anjo colorido
Vindo de uma história encantada
Olhar de estrela
Brilhando pelo céu
Desce das nuvens
Fofas de algodão
Cai num berço vazio
A espera de uma menina
A história é de conto de fadas
Choras de alegria
Tens agora um amor de mãe
A cantar cantigas de ninar
Um céu cor de rosa
E brincadeiras de roda
Perdeu as asas
Mas, voas nos braços
Do amanhecer da vida...
Elisa Cesar

MENINA BONITA


Olhinhos travessos
Sorriso a mostrar
Dentinhos branquinhos
Tem festa no olhar...
.
Lá vai à menina
Passinhos levinhos
Na sua ciranda
A vida levar...
.
Brinca com o gatinho
Corre atrás da borboleta
E deita cansada
No tapete de flores
Derramadas no chão...
.
Menina tão linda
Nessa sua folia
Hoje tem o mundo todinho
Na palma da mão...
.
Vá minha menina
Guarde na alma
Esses tesouros de criança
Perpetue a alegria
Seja sempre esperança...
.
Glorinha Gaivota

domingo, 14 de junho de 2009

NO MEU CORAÇÃO HÁ UMA CRIANÇA

Somos eternas crianças...
Esse adulto que hoje sou,
Guarda no peito a lembrança
Do que o tempo já levou.

Só não levou a alegria
Que é igual àquela antiga...
Em que eu brincava de roda
Cantando alguma cantiga.

Ah, mamãe se tu puderas,
Hoje comigo aqui estar,
Eu te daria os mil beijos
Que um dia deixei de dar.

Me transformando em criança
Que pena, não sei trazer,
Minha mamãe que está longe,
Pra tudo isto eu dizer.

Ah, criança tão bonita
Que vive em meu coração,
Acho que ainda não sabe
Que eu cresci... não sabe não!

Mírian Warttusch

sábado, 13 de junho de 2009

MENINA LINDA

Menina linda
Boneca dos sonhos infantis
Vejo seu rosto rosado
Desenhado a lápis
Nas folhas do adormecer
Nas mãos os brinquedos
Versos inocentes do seu caminhar
Boneca linda...
Enfeitada com laços de fita
Balançando no berço
Do seu sonhar...
.
Elisa Cesar

MENINA DOS MEUS SONHOS

És meu encanto
Hó! Graça que me seduz,
Em seu peito repousa
Minh álma...E sobre a sua aura,
Paira, uma divina luz.
.
Com jeito você me sorriu
Beijei teu rosto morno,
O seu coração se abriu.
Com meus braços ti adorno
Meu coração não resistiu
.
A este amor que me tira o sono.
Menina dos meus sonhos
Tens a graça
De uma frágil libélula
Pairando sobre o ar,
Faz-me arder quando passa,
Em tuas asas quero voar...
.
Menina dos meus sonhos
Em teus sonhos quero reinar,
À noite mal posso esperar,
Guarda-me no teu coração,
Porque do meu sonho,
Não quero acordar.
.
José Aparecido Botacini

RUA DE RIMAS

É a rua onde lindas meninas
gostam de brincar, traquinas
correm aqui e acolá, é rua
alegre, onde nas noites, a lua
aparece, bela, clara, nua
dentro da sua solidão,
vaia possos lentos, sobe, cai
dentro dos quartos, chora,
sai a dançar, esconde, namora
os namorados lá do alto, pisca
virando os olhos, sorri, pesca
antecipados acontecimentos,
sofre com nossos sofrimentos
e vibra com nossa felicidade!
.
Marta Peres

FADA-MENINA

Quando era menina
Sonhava viajar o mundo
Feito uma fada ...
Voar sob as nuvens brancas
Me esconder da chuva
Nas flores da romã,
Pousar sobre as margaridas
Toda manhã...
Rodopiar igual bailarina
E de novo ganhar o céu
Numa viagem
De fada-menina...
Um sonho doce
Que agora vivo
No papel.
.
Sirlei L. Passolongo

sexta-feira, 12 de junho de 2009

ALMA DE GIRASSOL

Um rio amarelo
Um rio dourado, caramelo
Com cheirinho de mel
Se encanta com meu céu.
Sou uma espécie de cor
Quando estou no meio da flor
E meus olhos refletem amor.
Tendo visualizar o sol
Sem ferir minha retina.
Busco a sombra na esquina
E bebo água cristalina.
Na verdade sou menina
Com alma de girassol ...
Iveti Specorte

LINDA MENINA MOÇA

Linda menina moça
Deixa todos seus temores suas dores
incrusta -os nas pedras do caminho
Em lágrimas,deixa seus momentos perdidos,
adiados por um amor.Vai em busca da paz...
.
Encontra-a!...
.
Hoje caminha entre flores
de mais variadas cores e perfumes
Além, muito além das dores,
lendo faz longas e lindas viagens.
.
A natureza, lhe dá um cenário dos deuses
as flores exalam seus perfumes para desperta-la
ela canta lindas canções com bela voz
que traduzem sua euforia
.
De uma liberdade à muito sonhada...
.
Joe Luigi

CRIANÇA FELIZ

Crianças felizes,alegres petizes...
eram as crianças de antigamente,
que pensavam simplesmente,
em estudar e brincar...
eram outros tempos...
sem maiores contratempos...
são doces lembranças agora...
A infância perdida sempre se chora...
Deixemos que as crianças,
sejam apenas... crianças...
Menos responsabilidade,
mais felicidade...
Deixemos que sejam crianças,
sem todas essas ânsias...
Há que se dar o tempo,
para que cresçam sem contratempo...
Tempo para estudar...
Tempo para brincar...
Tempo para viver...
.
Marcial Salaverry

A MENINA MULHER

A menina mulher
Após uma reflexão penso
O que realmente conta não é o que tu escreves
Mas sim o que tu sentes
.
Falas-me de amor
Sonhas com liberdade
Mas terminas na realidade
Já depois de observar
Vou provavelmente divagar
Sobre o que é na realidade
.
O teu nobre pensamento
Que nada mais reflete do
que uma maneira de estar
Em que o realmente importante é sonhar
Com ardor e emoção
E talvez um pouco de solidão
.
Vives a vida com a paixão
De uma menina sonhadora
Que já é mulher lutadora
No mar da nossa realidade
.
Agora com carinho pergunto
Se é bonito ser mulher
Quando se pode ser só menina
Num mundo em que o adulto
Não tem espaço para sonhar
E até já se contenta com a pobreza de lembrar

Guilherme Ramalheira

MENINA FLOR

Menina flor
Não sei o que aconteceu contigo
Você era ternura, toda amor,
sorridente , bela e querida.
.
Eu te adorava
Queria estar sempre do seu lado
Por que perdeste a inocência?!
Que pena,mudou demais!
.
Nossas almas eram gêmeas ,
agora não se conhecem mais
Deixaste de ser meu anjo lindo,
eu deixei de ser teu amor maior.
.
Menina flor,com isto estou muito triste,
não há mais magia entre nós
O que havia de belo entre nós dois,
num passe de mágica se acabou!

Joe Luigi

quinta-feira, 11 de junho de 2009

CASTELOS DE CRIANÇA

Desenham castelos
Como quem desenha sonhos.
Em cada uma das janelas
Pincelam esperança...
Nas torres deixam um pouquinho
Da sua curiosidade,
E imaginam o mundo do alto
Como se pudessem avistá-lo...
.
Nas pontes levadiças
Criam mistérios que só eles desvendam
Mas neles não riscam masmorras
Pois desconhecem o coração dos homens.
.
Sirlei L. Passolongo

QUANTOS ANOS?

Mais criança que tu foras
Tantos anos tu tivesses,
Sempre serias menina,
Mesmo que crescer viesses.
Nunca deixarás de ser
Uma menina bonita
Pareço te ver, não sei,
Com um belo laço de fita.
Os anos não te deixaram
Perder o viço, a beleza!
Foi esta, de tua vida,
Eu sinto, a melhor proeza.
Não deixe mesmo que a vida,
Ao passar leve a criança
Coração leve e feliz,
Na alma sempre a esperança.
Felicidade é assim mesmo,
Se cultivarmos o amor
Cada qual, será criança,
Mesmo que adulto ele for.
Mírian Warttusch

MENINA DOS OLHOS DE ÁGUA


Menina em teu peito sinto o Tejo
e vontades marinheiras de aproar
menina em teus lábios sinto fontes
de água doce que corre sem parar
.
menina em teus olhos vejo espelho
se em teus cabelos nuvens de encantar
e em teu corpo inteiro sinto o feno
rijo e tenro que nem sei explicar
.
se houver alguém que não goste
não gaste - deixe ficar
que eu só por mim quero-te tanto
que não vai haver menina p'ra sobrar
.
aprendi nos "Esteiros" com Soeiro
aprendi na "Fanga" com Redol
tenho no rio grande o mundo inteiro
e sinto o mundo inteiro no teu colo
.
aprendi a amar a madrugada
que desponta em mim quando sorris
és um rio cheio de água levada
e dás rumo à fragata que escolhi
.
se houver alguém que não goste
não gaste - deixe ficar...
que eu só por mim quero-te tanto
que não vai haver menina p'ra sobrar
.
Pedro Barroso

MINHA MENINA

Brinca,menina,brinca!
E desarruma meus arrumados!
Ponha de pernas pro ar,
este mundo equilibrado!
Faça bagunça com a vida
e ponha o pé neste chão.
Chuta a bunda desse tédio,
faz cara de bicho papão!
Anda na corda bamba
e finge ser bailarina!
Manda beijinhos pra vida
que detesta essa rotina!
Vá brincar de esconde-esconde
com a triste realidade.
Deixa ela te esperando,
que de tí sinta saudade!
E faça da vida uma bola
que rola de encontro ao gol!
Se acaso a tristeza chegar,
abra as asas e foge em vôo!
E haja o que houver,
nunca pense em me deixar!
Pois, sem você,minha menina,
periga o juízo me achar!
Mell Glitter

DELICADEZA

A alma é invisível
um anjo é invisível
o vento é invisível
o pensamento é invisível
e no entanto
com delicadeza
se pode enxergar a alma
se pode adivinhar o anjo
se pode sentir o vento
se pode mudar o mundo
com alguns pensamentos...
ROSEANA MURRAY

quarta-feira, 10 de junho de 2009

PEQUENINA OUTRA VEZ

Hoje quis ser pequenina outra vez...
Viver no mundo dos sonhos cor-de-rosa...
Voar como uma borboleta
e brincar com os amiguinhos...
Queria ir para a escola
aprender a escrever outra vez o meu nome...
Queria não ter preocupações...
Queria pular e divertir-me
no parque de diversões...
Hoje queria fazer a sesta à tardinha
juntamente com outros meninos...
Hoje queria simplesmente que o tempo voltasse atrás...

_irelli_

MENINA MANHOSA

Oh! menina manhosa
Seu carinho me encanta
Seus afagos inesquecíveis
A minha dor suplanta
Oh! menina manhosa
Jardim de minha fantasia
Oh! menina manhosa
Fonte da minha
alegria
Oh! menina manhosa
Sua meiguice me comove
Seu doce aroma
Meu coração absorve
Oh! menina manhosa
Minha amada querida
Linda flor encantada
Amor da minha vida.

MENINA DO CÉU

Mas Deus criou um anjo especial
E pôs o puro amor em seu abraço;
Em seu olhar a vastidão do espaço;
E em seu sorrir, ternura sem igual.

Todo o carinho que Ele quis mostrar
Atribuiu às mãos angelicais;
Deu-lhe perfume e voz celestiais;
Ela personifica o verbo amar!

Tirou suas asas, mas seu coração
Ganhou vislumbres de outra dimensão
Na intuição chamada "feminina"...

Toda mulher é qual anjo encarnado,
Representando o divinal cuidado;
Da criação de Deus é a obra- prima!

MEU TEMPO DE CRIANÇA

Eu já fui sim, assim tão pequenina,
Uma boneca de pano, era a minha inspiração!
Nunca deixei morrer meu sonho de criança,
Essa boneca permanece no meu coração.

A pulseirinha que eu estou usando,
Também o anel que está no meu dedinho,
Foram presentes de minha mamãe,
Que hoje eu relembro com muito carinho.

O meu vestido de seda clarinha,
Tinha casinhas de abelha a lhe enfeitar.
Em cada detalhe - ai - uma lembrança,
E eu até sinto vontade de chorar...

Vejam a meia e o meu sapatinho,
O laço de fita, tão grande e chamativo,
Faziam de mim, uma linda princesinha,
Toda vaidosa e cheia de atrativos.

Ai que saudade de quando era menina,
Vejo o encanto de tudo que passou...
Olhos azuis, repletos de inocência...
Que coisa linda esta foto retratou!

Mírian Warttusch

A MENINA QUE CHORA EM MIM

A MENINA QUE MORA EM MIM
Eu e ela moramos frente a frente
sem porta nem janela.
Entre eu e ela existe um labirinto que nos divide...
mas uma ciranda de sentimentos que nos une.
Eu te conheço tanto...Menina!
Estás viva em mim
Na aurora sã e tenra dos meus dias côr-de-rosa.
Quando me perco de mim
me encontro no seu resvalar de graças.
Na menina dos olhos onde a pureza se instalou.
Eu uso brocadosela vestido de chita.
Eu soluço....ela em tudo acha graça.
Ela dorme em mim um profundo sono de criança.
As fadas e duendes dormem junto com ela.
Às vezes quando acorda...nos confundimos.
Ela corre livre junto ao vento
onde borboletas violetas orquídeas
brotam e esvoaçam em meio à ilusão e luz da primavera....
eu murcho em profundo silêncio de gente grande.
Só ela me entende quando quero colo
e não sei dizer porque choro.
Rosy Moreira

terça-feira, 9 de junho de 2009

DUAS BONECAS

Eu trouxe uma bonequinha
De presente pra você
Para ser sua amiguinha
Bonitinha como quê!

Por favor, cuide bem dela
Com beijinho e muito amor
Como faz toda mamãe
Vai tratá-la como flor!

Você também é boneca
Que a todos veio encantar.
És a mais linda menina,
Que não cansamos de olhar!

Duas bonecas agora…
Que grande felicidade!
Uma é feita de pano
Mas a outra... é de verdade!

Mírian Warttusch

MENINA OUTRA VEZ

Se eu pudesse prender dentro de mim,
os sonhos e a magia.
Queria voltar a ser menina.
Menina sapeca, sempre de bem com à vida
Correndo na grama molhada, catando margaridas.
Se eu pudesse prender dentro de mim,os raios do sol.
Tingiria os cabelos das espigas de milho,
com as cores do arco-íris.
Transformando-as nas mais lindas bonecas,
como minha mãe fazia!
Se eu pudesse prender dentro de mim,
as noites tranqüilas.
Seguiria os faróis dos vaga-lumes até capturá-los
e colocá-los dentro do vidro.
Quando tinha uma boa quantidade soltava-os,
achando que se transformariam nas estrelas do céu.
Ah! se eu pudesse fazer tudo isso de novo acontecer!
Queria fechar meus olhos, adormecer sonhar.
E quando acordasse...Queria ser menina outra vez!

*Cecília*

VESTIDO DE CHITA

A partida que mais me entristeceu
foi quando deixei para trás a infância.
Lá ficaram a inocência que bordava
a vida em laços e fitas.
O vestido mais bonito que tive era um
feito de chita, o usava quando
ganhei o primeiro beijo.

Sirlei L. Passolongo

ETERNA MENINA

Os anos não passam para
quem tem um coração
que mesmo remendado,
não deixa de sonhar e amar.

Seremos sempre meninas bailarinas,
meninas fadas,meninas rainhas,
meninas mulheres,fatais, sensuais...
Não importa a fantasia que vestimos,
nem a dor que trazemos,
e sim a cor da alma e o
bater do coração, que grita:

AINDA ESTOU VIVO, DEPOIS DE TUDO.
E sim, ainda há amor em nós.
E assim sendo...ETERNA MENINA!

J'amour

SONHOS DE MENINA

Meus sonhos de menina trago-os no peito trancados
Ah… Como eu queria…
Como eu queria ser bailarina
Ter mil sapatilhas
mil vestidos coloridos coberto de lantejoulas
Ah… Como eu queria…
Como eu queria voar
Voar como as gaivotas!
Sentada a teu lado
eu as invejo ao vê-las bailar
Sobrevoando o mar ao som das valsas de Strauss!
Amor… Guia-me pelas sombras dos rochedos
Improvisa um salão de cristal azul da cor do mar
Dança comigo abraça-me rodopia
Faze meu corpo girar girar girar!
Canta em murmúrio aos meus ouvidos
Fala-me em surdina sobre teu amor por mim
Quero que me fales sobre todas as Valsas de Strauss!

Sempre dançando dirija-me das sombras dos rochedos
Ao mar solta-me faze-me voar…
Quero ser tua bailarina
Ilumina-me com a luz do teu olhar!
Olha para dentro dos meus olhos veja e sinta minha alegria
Por estar em teus braços indefesa leve e solta
Deixo-me levar seguindo-te os passos
Não desejo o final do meu sonhar!

Encosta minha cabeça em teu peito
Leva-me em teus braços de volta ao salão
Das sombras dos rochedos
Lá nos aninharemos para descansar!

Amor veja as gaivotas uma a uma chegando
E pousando nos galhos das árvores aos pés dos rochedos
Mas que aves curiosas
Perceba como nos espreitam tentando ver e ouvir
Nosso boa noite de amor!
Iracema Zanetti

MENINA MULHER

Aqui, mais uma vez,
te aguardo,vestida de sonhos, lembranças,
nos lábios, um beijo formado
coração sobressaltado,
esperanças,de menina,
mas acima de tudo, mulher.
Em busca de amor , carinho,
abraços escultura de paixão,
meus traços,ensejam desejos,
despertam sensações,
que eu mesma crio, incentivo,
grita dentro de mim,
meu corpo, vivo,de menina,
mas acima de tudo, mulher.
Leve qual pluma, sedosos toques,
olhos abertos, em teu ser focados,
e ainda assim, cegos, enfeitiçados,
como os teus, nos meus perdidos,
não existem carinhos proibidos,
neste universo que é meu
corpo de menina, mas acima
de tudo, mulher.
Te crio e recrio, em minha mente,
qual macia argila, entre os dedos,
te conformo em soldado,
baluarte,sempre a me proteger,
meus medos dissipados,
carinhos redobrados,entre os braços,
junto ao peito de menina,
mas acima de tudo, mulher!
Laur@'s Poesias

RUAS DA INFÂNCIA

Havia risos
nas ruas de infância,
meninos e meninas
brincavam à tardinha
vestidos de inocência.
Havia sonhos...
Entoados por lindas canções,
bancos nas calçadas;
amigos conversando nos portões.
Ao cair da noite,
de longe se ouvia
as danças de rodas,
gargalhadasdas crianças
que eram convidadas
a entrar na roda de dança,
e uma a uma se revezavam
numa alegria que contagiava
a festança.Havia tempo...

Sirlei L. Passolongo

segunda-feira, 8 de junho de 2009

MENINA POESIA

Nos teus olhos encontro a luz
Que principia minha inspiração

Em teu sorriso a doce ternura
Que agora domina o meu coração

Dos teus lábios ouço a musica
Que me brinda versos em canção

Em teu rosto decifro a poesia
Frases que surgem da magia
De minha mente em levitação

A imaginar que essa alegria
Que foi encontrar-te um dia
Flua bem mais que uma estação

GILSON DE LOS SANTOS